Construção em um ano e quatro meses

Licitação para UPA 24 Horas acontecerá em junho. Estão previstos mais de R$ 20 milhões para a execução do projeto

Construção em um ano e quatro meses
Divulgação


Dando continuidade ao processo de construção da Unidade de Pronto Atendimento - UPA 24 Horas anunciado anteriormente pela Prefeitura, foi publicada a licitação para realizar a contratação de empresa para a execução da obra ainda em 2023. O processo licitatório está marcado para o dia 2 de junho.

De acordo com o edital, serão investidos pelo Município até R$ 20.728.182,50 para a execução de toda a obra. A empresa contratada terá o prazo de 16 meses (1 ano e 4 meses) para a conclusão do projeto e terá o prazo de até 5 anos para prestar garantias.

Conforme já divulgado pela reportagem da FOLHA, a UPA será construída na Rua Itaúna, em um terreno onde funciona o pátio da Prefeitura, no Centro, no quarteirão oposto à Policlínica Municipal – local que foi confirmado no memorial descritivo do edital. De acordo com o documento público, a obra terá área total de 2.514,37 m², sendo quatro andares: o estacionamento, com área de 1261,71 m²; térreo, com área de 1424,17 m²; 1º Pavimento, com área total de 944,48 m²; e 2º Pavimento, com área de 944,48 m².

A empresa contratada será responsável por todas as etapas, incluindo a demolição, instalação do canteiro de obras, infraestrutura, superestrutura, instalações elétricas, sistema de proteção contra descargas atmosféricas, hidrossanitárias, proteção e combate a incêndio, climatização, de acessibilidade, materiais de acabamento e limpeza da obra. 

A notícia do novo espaço de saúde foi anunciada em 2022 e está sendo aguardada por toda a população desde então, visto que vai mudar a realidade da cidade em relação ao atendimento em saúde, resolvendo o problema da sobrecarga no sistema de emergência em saúde da cidade, que é realizado pela Policlínica Municipal.

A UPA faz parte da Rede de Atenção às Urgências e concentra atendimentos de saúde de complexidade intermediária. Em Itatiaiuçu, o espaço terá capacidade para atendimento de até 300 pacientes por dia, integrando ainda um Centro de Especialidades de atenção secundária, com estrutura com equipamentos de raio-X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames, salas de atendimento, leitos de observações, entre outros, além da área destinada a laboratório e setor administrativo da unidade.